Teatro

É um sapo. Brincadeira infantil sobre ciúme entre irmãos

É um sapo. Brincadeira infantil sobre ciúme entre irmãos


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Se você tem dois ou mais filhos, você já será um especialista em tentar gerenciar ciúme entre irmãos. Para ajudar seus filhos a refletir sobre essa emoção, em nosso site sugerimos que você represente este roteiro de uma peça curta para crianças que tratam desse assunto. A representação é intitulada 'É um sapo' e você vai se divertir muito quando se tornar seus protagonistas.

As peças de teatro são um excelente passatempo para toda a família: as crianças divertem-se interpretando grandes atores e os pais e avós divertem-se assistindo à apresentação das crianças. Mas as peças que podemos encenar em casa não são apenas adequadas por estes motivos, são também perfeitas para ensinar aos filhos valores importantes como a amizade, o companheirismo, a generosidade, a solidariedade ... e também para aprender a controlar suas emoções.

Este é exatamente o objetivo do roteiro da divertida peça que você vai ler a seguir: como administrar o ciúme entre dois irmãos que se amam muito, mas muitas vezes se esquecem. Destina-se a alguns personagens, mas sempre você pode adaptar o script para adicionar mais.

Descrição do Trabalho: Era uma vez dois irmãos (o mais velho se chamava Alberto e a pequena Felisa) que se amavam loucamente e se divertiam muito, porém, Alberto não conseguia deixar de sentir ciúmes quando os pais prestavam atenção na irmã. O que ele fez então? Bem, prepare um feitiço para ver se Felisa sairia de casa ...

Personagens: Alberto, Felisa, mamãe e papai.

Local de ação: uma casa.

Material necessário para a encenação: brinquedos comuns, papel e lápis e muita vontade de se divertir.

A cortina sobe. Os dois irmãos estão na sala.

Felisa: Eu adoro fazer quebra-cabeças!

Alberto: Eu também, embora deva dizer que sou melhor nisso do que você, você sempre leva muito tempo para encontrar a peça certa.

Felisa: Isso é porque você é mais velho do que eu.

Alberto: Eu sei, é por isso que mamãe e papai me deixam assistir TV por mais tempo do que você.

Naquele momento, mamãe entra na sala.

Mãe: Felisa, querida, vem comigo, é hora de escovar os dentes. (Pega a mão da Felisa e a beija)

Mãe: Alberto, vai pegando no quebra-cabeça, está quase na hora de ir dormir.

Alberto: Que morro! Felisa não pega nada!

Mãe: Não acontece nada querida, amanhã ela vai atender, é que já é tarde e ela está cansada. (Dá um beijo no filho e sai da sala com Felisa pela mão)

Alberto: (com cara séria) É sempre a minha vez de recolher tudo, a Felisa nunca faz nada e ela sempre leva mais mimos do que eu. Isto não é justo!

(Papai entra na sala)

Pai: Alberto, como surgiu o quebra-cabeça?

Alberto: Bem, mas agora eu tenho que me levantar.

Pai: Tudo bem, vou te ajudar, mas não se zangue com isso, você sabe que a Felisa é menor e vai dormir mais cedo.

Papai e Alberto resolvem o quebra-cabeça. A cortina fecha.

A cortina se abre, as crianças estão na sala.

Felisa: Mamãe disse que podemos assistir TV por um tempo.

Alberto: Ótimo! Vou colocar um capítulo da minha série favorita.

Felisa: Nada disso! Eu quero ver fotos.

Alberto: Mas eles são um rolo!

Felisa: (começa a chorar) Mamáááá!

Mãe: (entra na sala) E aí? Alberto, por que sua irmã está chorando?

Felisa: Alberto não me deixa ver meus desenhos!

Alberto: Eu quero ver minha série.

Mãe: Deixe sua irmã ver as fotos um pouco porque ela é menor (beija as crianças e sai da sala).

Felisa: Bom, desenhos!

(Alberto vai para o quarto falando entre dentes porque está com raiva)

Alberto: (Vou para o quarto) Estou farto! Ele sempre consegue o que quer! Que se ela for menor, se ela nunca pegar nada, que sempre leia uma história de boa noite mais longa que a minha ...

Alberto: Neste momento vou escrever algumas palavras mágicas para que Felisa se transforme em sapo, para que ela nunca se incomode. Ou melhor ainda! Vou escrever um feitiço para você sair de casa.

(Alberto se concentra em seu feitiço)

A cortina fecha.

A cortina sobe. Alberto sai da sala.

Alberto: Aconteceu a mesma coisa, olha só o que pensar da Felisa virar sapo ou sair de casa ... Felizmente não vai funcionar, todos sabem que feitiços só podem ser feitos por bruxos e bruxas.

Mãe: Alberto, você viu sua irmã? Eu não a vejo em lugar nenhum.

Alberto: (com uma cara assustada) Oh não, eu não a vi.

Mãe: Nada acontece, claro que ele está com o pai.

Pai: (só aparece em cena naquele momento) Cadê a Felisa?

Mamãe e Alberto: Não sabemos.

Pai: Deve estar no banheiro do andar de cima.

Mamãe e papai vão procurar Felisa no banheiro, Alberto fica na sala.

Alberto: (muito preocupado) O que vou fazer agora? Vou ter que pensar em outro feitiço para trazê-lo de volta ... Isso é um desastre! Eu amo muito minha irmã, espero que nada tenha acontecido com ela!

(Croa, croa, croa ...)

Alberto: Que som estranho é esse?

(Croa, croa, croa ...)

Alberto: Parece sapo, não pode ser, se o feitiço fosse para ele sair de casa ...

(Croa, croa, croa ...)

Felisa: (entra em casa feliz) Alberto! Ele dá um abraço no irmão. Eu estava no jardim, vi um sapo!

Alberto: (com uma expressão aliviada) Que bom que você está aqui! (Ele dá um super beijo na irmãzinha).

Alberto: Te quero muito! Eu não quero que você vá!

Felisa: (com uma cara de surpresa) Para onde eu estava indo? É a mesma coisa, vamos jogar.

Os dois irmãos apertam as mãos e saem de cena.

A cortina fecha. Fim desta curta peça sobre o ciúme entre irmãos. Você gostou? Você tem coragem de fazer um teatro familiar em casa e representá-lo com as crianças?

Você pode ler mais artigos semelhantes a É um sapo. Brincadeira infantil sobre ciúme entre irmãos, na categoria Teatro no local.


Vídeo: Como lidar com o ciúme entre irmãos? (Julho 2022).


Comentários:

  1. Ridwan

    Desejo falar com você, tenho algo a dizer sobre esse assunto.

  2. Chiron

    Na minha opinião, ele está errado.

  3. Mazurr

    Concordo, uma peça útil



Escreve uma mensagem