Artes marciais

Que valores a prática de ioga ensina às crianças?


Poderíamos analisar as diferentes áreas em que a ioga é trabalhada. Desde sua parte mais prática e física (desenvolver força, capacidade e consciência corporal e respiratória) até sua parte mais emocional (perceber a presença de sua mente e pensamentos, aprender a aceitar emoções, compreendê-las e aprender com elas). Esses são os valores que a prática de ioga traz para as crianças.

A naturalidade com que a ciência da ioga ensina nossos filhos a ser pessoas melhores e a se desenvolver em todos os aspectos importantes de suas vidas torna esta disciplina uma ferramenta muito poderosa. E poderíamos dizer que a ioga infantil integra tudo.

A prática de ioga para crianças oferece muitos benefícios. A primeira e mais importante é que melhora a autoconfiança e aumenta a autoestima, mas também desenvolve a sociabilidade. Além disso, por meio dessa disciplina, as crianças aprenderão a canalizar emoções e acalmar suas mentes inquietas, promovendo atitudes positivas e despertas. Se sua prática for firme ao longo do tempo, você desenvolverá hábitos de saúde e bem-estar muito bons.

Para praticar ioga com crianças, você deve encontrar os exercícios que melhor se adaptam a elas. A seguir, apresentamos quatro opções possíveis com as quais você gostará de praticar esta disciplina.

O mais especialista chama isso Sarvangasana E é considerada a rainha das posturas na prática do yoga, pois ao deitarmos de bruços com as pernas para cima reverteremos a influência do nosso sangue, fazendo com que tudo chegue à cabeça. Desta forma, é possível acalmar a mente e relaxar a atividade cerebral (recomendado para crianças que estão muito estressadas e ansiosas).

o objetivos desta posição É para alongar o pescoço e os ombros, melhorar a digestão, combater a insônia, tonificar as pernas e, por último, aliviar a asma e a sinusite.

Para realizar essa postura de ioga, a primeira coisa a fazer é deitar de costas (cole bem as omoplatas no chão e tente alongar a região lombar). Uma vez posicionados, devemos direcionar os joelhos em direção à testa e levantar as pernas com a força das mãos. O objetivo dessa postura é alongar as pernas para que o corpo fique na vertical. Para saber se você está bem posicionado, certifique-se de que os dedos dos pés não ultrapassem a linha dos olhos (cuidado, é importante não mexer o pescoço).

Se quisermos voltar à posição inicial, teremos que levar os joelhos à testa, esticar os braços para trás e deixar as costas cair aos poucos e girando. Por ser uma postura invertida, não é conveniente levantar-se repentinamente. O melhor é colocar os braços na cruz, dobrar as pernas e esperar alguns segundos para se levantar.

o postura do arco ou dhanurasana É muito completo, pois nele participam todos os músculos das nossas costas, com os quais não só vamos fortalecê-lo, mas vamos flexibilizar a nossa coluna, vamos aumentar a nossa capacidade pulmonar e, por isso, vamos lutar. doenças respiratórias.

Para entrar nesta posição, devemos nos colocar de bruços (nas posições deitadas devemos sempre pressionar o púbis contra o chão). A partir daqui, vamos esticar nossas pernas o máximo possível, levantando e alongando. Agora é a hora de flexionar as pernas e segurar os tornozelos com as mãos.

Quando estiver pronto, comece a inspirar pelo nariz e, ao mesmo tempo, leve as pernas para trás e para cima de modo que o peito se eleve. À medida que inspiramos (expiramos), descemos. Podemos repetir cinco vezes.

Fazer a pose de pinça com crianças em casa ajudará no rejuvenescimento dos nervos, o que acalmará nossa fadiga e ansiedade. Também nos ajudará a fortalecer nossa coluna e os possíveis problemas de constipação.

Para começar no Uttanasana, nos levantamos e mantemos nossa postura ereta, as omoplatas conectadas e levantamos nossos braços. Mantendo essa extensão, vamos nos curvar para frente até tocarmos o solo.

Agora o objetivo é se curvar aos poucos para que o abdômen toque os músculos. Não se preocupe em se alongar muito, você tem que definir seu limite e ficar dentro dele para seguir em frente. Para voltar à posição inicial, flexionamos um pouco as pernas, colocamos as mãos na cintura, olhamos para cima e com o alongamento das costas subimos lentamente.

Também conhecido como Navasana, o pose de arco beneficia a atividade dos órgãos internos, fortalece as costas e os abdominais e aumenta consideravelmente o nosso nível de atenção, coordenação e concentração.

Partimos de uma posição em que estamos sentados em nosso colchonete com as pernas e as costas esticadas (fazemos um ângulo de 90º) e colocamos as mãos atrás de nós para recostar um pouco para trás.

É quando começamos a levantar as pernas (podemos dobrá-las e colocar as mãos abaixo do joelho). Quando você se sente estável, esticamos as pernas e, quando elas estão para cima, esticamos os braços e seguramos. Para tornar mais divertido para as crianças, podemos imaginar que somos piratas e navegamos nos mares do sul. Se quisermos voltar ao início, vamos desfazendo a postura passo a passo.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Que valores a prática de ioga ensina às crianças?, na categoria Artes Marciais no local.


Vídeo: Aula De Yoga Para Crianças. Bom Dia Yoga. Exercícios Para Crianças Posturas. Meditação (Novembro 2021).