Valores

Câncer infantil: retinoblastoma


As estatísticas sobre casos de câncer não são animadoras. Os casos de câncer estão aumentando e, embora essa doença pareça afetar apenas adultos, a cada dia mais casos são conhecidos em crianças. Hoje procuram informação, associações e, sobretudo, apoio e incentivo.

Há alguns anos, recebemos a triste notícia de que a filha mais nova de alguns amigos havia sido diagnosticada com câncer. Um retinoblastoma em seu olho esquerdo. A menina não chegou ao primeiro ano de idade e deram-lhe ciclos de quimioterapia e, claro, isso derrubou todos nós, a família dela e nós também. Hoje, felizmente, a menina está perfeitamente bem. Ele perdeu um pouco da visão no olho doente, mas se adaptou muito bem ao tratamento, e continua como se nada, sim, sempre sob observação. É que as crianças são como elásticos, encolhem e voltam a esticar.

Casos semelhantes a este também podem ser vistos em nosso Fórum. O que dizer aos pais de uma criança doente com câncer? Acho que os sinais de esperança e apoio são bem-vindos nesses casos, afinal ninguém pode fazer mais do que seguir o tratamento e se vestir com muita força. Se você está passando por um problema semelhante e se isso te ajuda, é o que uma das mães do fórum responde para outra mãe:

“Eu também tive retinoblastoma, eles detectaram aos 22 meses e aos 25 meses já me fizeram uma enucleação. Sem dúvida minha mãe e meu pai sofreram muito, não posso te contar porque não me lembro ... mas aqui está alguém que é a prova viva de que sua menina vai melhorar ... Já estou 22 hoje anos e eu levo uma vida normal ... às vezes não era tão fácil porque usar prótese às vezes custa porque tem gente má, mas Deus é grande e me deu uma família que me ama do jeito que sou e me deu confiança e força para ser normal, então coragem e fé. '

Se seu filho foi diagnosticado com retinoblastoma, não se desespere. É uma doença em que células cancerígenas se formam nos tecidos da retina, podendo ocorrer em qualquer idade, embora com maior frequência em crianças menores de 5 anos. Geralmente é hereditário (se se formar em ambos os olhos), não hereditário (em apenas um olho) e curável.

Os possíveis sinais desse câncer incluem pupila branca e dor ou vermelhidão nos olhos. O diagnóstico é feito através de diversos exames de retina: ultrassom, exame físico, ressonância magnética, etc. E quanto ao tratamento, vai depender de cada caso.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Câncer infantil: retinoblastoma, na categoria Câncer no site.


Vídeo: Webconferência Câncer Infantil - Telessaúde ES 21052013 (Julho 2021).