Valores

Massagem para bebês com Síndrome de Down

Massagem para bebês com Síndrome de Down


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Os benefícios da massagem são indiscutíveis hoje, além disso, a massagem entre pais e bebês torna os benefícios mútuos para ambas as partes, beneficia tanto quem a recebe como quem a proporciona.

No nascimento, é criado um vínculo que aumenta à medida que os pais compartilham o tempo e as experiências com seus bebês. Criar um espaço, um ambiente e uma atitude estimula o 'contato', algo tão importante para a criação do vínculo afetivo. O relacionamento pai-filho, portanto, se beneficiará do 'apego' e do 'afeto'.

Assimilar o nascimento de uma criança com síndrome de Down ou qualquer outra habilidade muitas vezes não é fácil, especialmente quando o diagnóstico é inesperado. Os primeiros dias, e até meses, são os mais difíceis para os pais, muitas vezes aparecendo na fase de culpa e rejeição.

- Ensinar aos pais certas técnicas de massagem sensorial e aumentar a conscientização para aplicá-las periodicamente os ajudará a fortalecer seu relacionamento e os ajudará a se relacionar com seu bebê desde o primeiro dia por meio de carícias e comunicação, tanto verbal quanto não verbal. Este, sem dúvida, é um bom começo para restabelecer o vínculo afetivo com o nosso filho.

- A massagem e o contexto em que é realizada produzirão uma estimulação multissensorial no bebê. A técnica de massagem aplicada, a luz, a temperatura, a música, a postura, os materiais utilizados, a voz, o toque, assim como a expressão dos pais são fatores que estimulam o relaxamento, as habilidades motoras ou a sensibilidade da criança. .

Os benefícios de um bebê com Síndrome de Down São exatamente iguais a outro bebê sem a síndrome, portanto, se nosso bebê tiver constipação, a massagem aplicada na região abdominal será aplicada para facilitar as evacuações, mas também, no caso desses bebês, na aplicação de técnicas de Massagem Infantil teremos que levar em consideração o seguinte:

1. Começaremos com movimentos enérgicos, mas suaves, da área distal para a proximal dos membros com uma frequência constante ou alternada, terminando com uma drenagem muito suave nos membros. Com isso vamos estimular a circulação e a mobilidade espontânea do bebê, além do tônus ​​muscular. Bebês com síndrome de Down geralmente apresentam tônus ​​muscular menor que o normal ao nascer (hipotonia), flacidez e tendência à flexibilidade excessiva das articulações

2. Vamos alongar os músculos faciais. Vamos alongar a testa, massagear os músculos mastigatórios externos e os músculos orbiculares dos olhos. Com isso poderemos estimular a gesticulação, a consciência corporal e o tônus ​​muscular facial.

3. Como medida preventiva e de tratamento nas fases iniciais realizaremos 'palmas suaves' (percussão com as palmas vazadas para cima) e vibração para evitar o acúmulo de muco nos bebês. Essa técnica ajuda o bebê a expelir secreções. Em bebês com síndrome de Down, devido à hipotonia generalizada, a intensidade da tosse diminui, pois os músculos envolvidos na respiração e na tosse também são hipotônicos.

4. Em bebês com hipotonia, é muito útil realizar a técnica abdominal como medida preventiva, facilitando a motilidade intestinal e as evacuações, além do acúmulo de gases. Temos que palpar delicadamente o abdômen do bebê para procurar gases (que geralmente se acumulam na área esquerda) e, em seguida, fazer uma massagem abdominal.

5. Aplicaremos a técnica orofacial, promovendo a mobilidade da língua, o início da mastigação e deglutição. Para isso, a estimulação intraoral será realizada com leve pressão nas gengivas e estimulação perioral dos reflexos primários. Esta técnica visa obter uma mobilidade geral constante e construtiva, reduzir o desconforto da dentição e estimular os movimentos mastigatórios precoces.

É importante que a massagem seja realizada pelo pai ou mãe do bebê para fortalecer o vínculo emocional entre pais e bebê. Nunca o faremos de forma forçada, nem para o bebê nem para os pais, pois os benefícios derivados da massagem não seriam alcançados. Se o bebê estiver com febre ou bronquite, é melhor esperar para realizar essas técnicas, e se o bebê estiver em plena digestão também esperaremos. E, por fim, lembre-se de que é importante consultar o pediatra antes de iniciar a massagem infantil para evitar prejudicar ou estimular negativamente o bebê.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Massagem para bebês com Síndrome de Down, na categoria de massagens no local.



Comentários:

  1. Jurn

    Quero dizer, você permite o erro. Entre, vamos discutir isso. Escreva para mim em PM, vamos conversar.

  2. Harun

    Concordo, uma opinião bastante divertida

  3. Blaize

    Esta frase notável é quase certa

  4. Akihn

    Quero dizer, você permite o erro. Eu posso provar. Escreva para mim em PM, nós lidaremos com isso.

  5. Carvell

    A resposta sem correspondência;)

  6. Arashisar

    Very amusing question

  7. Shaun

    Parafrasear por favor a mensagem



Escreve uma mensagem