Valores

Prevenção da depressão pós-parto

Prevenção da depressão pós-parto



We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A depressão pós-parto tende a aparecer em mulheres que são mães pela primeira vez. Acredita-se que as causas possam ser hormonais, embora não haja certeza do que pode desencadear isso. No entanto, os problemas que a depressão pós-parto pode causar podem ser evitados e evitados quando o distúrbio é detectado precocemente. A implementação de um tratamento indicado e eficaz para este problema pode evitar as terríveis conseqüências da depressão pós-partoou.

Algumas dessas dicas podem ajudá-lo a determinar e prevenir a depressão pós-parto precocemente.

1. Evite ser uma supermulher.
Evite estressar ou se preocupar em ser uma supermulher e mãe perfeita. Os recém-nascidos exigem muita dedicação, quase exclusivamente, da mãe. Por isso, durante a gravidez não tente monopolizar tudo. Reduza ao máximo os seus compromissos e não se esqueça da saúde, boa alimentação e descanso.

2. Salve as alterações para mais tarde.
Se você tiver que fazer alguma mudança em sua casa, aguarde os primeiros seis meses após o parto. Não fique triste. Você não pode fazer tudo de uma vez. Tudo em seu tempo.

3. Compartilhe experiências.
Fale com outros casais que também estão esperando um filho ou que tiveram um recentemente. A troca de experiências, informações e ideias é sempre positiva. E também, você pode ter alguém com quem deixar seu filho quando ele precisar. É sempre bom ter um amigo a quem recorrer em caso de necessidade.

4. Vá às aulas de preparação para o parto.
É muito importante para você e seu parceiro. As informações vão te dar mais segurança e conhecimento.

5. Depressões anteriores.
Se você já sofreu de depressão, discuta o caso com seu médico. Fique atento a quaisquer sinais de recorrência da depressão pós-parto.

6. Descanse e peça ajuda.
Depois que seu bebê nascer, aproveite qualquer ocasião para descansar. Divida, sempre que possível, as tarefas domésticas e os cuidados com o bebê com seu marido e também com outras pessoas da família. Peça ajuda a todos.

7. Não se abandone após o parto.
Você deve comer bem. Dê prioridade ao leite, cereais, frutas, vegetais e proteínas de alto valor biológico encontradas em ovos, carnes e peixes. Você precisará de uma grande ingestão de vitaminas nesta fase. Além disso, encontre sempre um tempo para si, até 15 minutos por dia, para ler, deitar, conversar ao telefone com um amigo, tomar um banho tranquilo ou caminhar.

8. Encontre tempo para estar com seu parceiro.
Não se abandonem. Peça a alguém de sua confiança para ficar com o bebê uma noite para que possam jantar juntos, ou ir ao cinema, ou tomar um drink com alguns amigos. É importante que nem tudo gire em torno do bebê.

9. Não seja muito crítico e exigente consigo mesmo ou com seu parceiro.
Evite situações que causem irritabilidade e fadiga excessiva. Evite discussões. Não dê espaço a eles em seu dia.

10. Quando você pode deixar seu bebê com alguémAproveite para relaxar com um passeio. Uma hora de caminhada fará com que você se sinta aliviado de tensões e preocupações.

11. Não hesite em pedir ajuda quando precisar.
Vá ao médico quantas vezes forem necessárias. Se você perceber que tem algum sintoma de depressão, não se desespere, procure seu médico imediatamente. Ele o ajudará a controlá-lo e superá-lo.

Você pode ler mais artigos semelhantes a Prevenção da depressão pós-parto, na categoria Depressão no local.


Vídeo: Jornal Futura 11042013 - Depressão Pós Parto (Agosto 2022).